Diretores do SSJ participaram de Debate Público promovido pelo Vereador Canário sobre Prevenção de Acidentes e Doenças do Trabalho (CIPA)

01/10/2015

A Câmara Municipal de Campinas promoveu em setembro, um Debate Público sobre Prevenção de Acidentes e Doenças do Trabalho. O evento, de iniciativa do vereador Jairson Canário, foi realizado em parceria com a Regional Campinas da Força Sindical e contou com a presença aa presidente do SSJ Maria Rita Elisa Granato, da vice-presidente Marines A. Pereira Cézar, dos diretores José Geraldo G. Teodoro e Edson Gonçalves dos Santos, além de dirigentes de diversas entidades sindicais de Campinas e Região, trabalhadores e lideranças de movimentos sociais do Município.

“Tomamos a iniciativa de promover esse debate na Casa devido à importância de discutirmos esse tema. Os números de acidentes de trabalho na região de Campinas são alarmantes, a contribuição de especialistas é muito importante, mas a participação da sociedade na busca de alternativas para melhorarmos esse cenário é fundamental”, explicou Canário.

O debate teve início com uma apresentação do Gerente Regional do Ministério do Trabalho e Emprego de Campinas, João Batista Amâncio, que deu detalhes sobre todos os procedimentos que precedem um acidente de trabalho, desde a notificação do caso até a assistência oferecida ao trabalhador. 

Na sequência o Coordenador do CEREST (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Campinas), Alexandre Beltrami, trouxe dados relativos aos acidentes de trabalho em Campinas. Segundo o CEREST, de 2010 a 2015 Campinas registrou 1805 acidentes de trabalho, sendo 103 envolvendo menores de 18 anos. 

Logo depois o Economista e Técnico do DIEESE, Ricardo Tamashiro, fez uma explanação voltada ao movimento sindical, destacando a importância de garantir a saúde do trabalhador através de acordos e convenções coletivas de trabalho. Segundo Tamashiro, a maioria dos movimentos de greve têm como pauta questões relacionadas à saúde do trabalhador. 

Por fim o Secretário de Saúde e Segurança do Trabalho da Força Sindical de São Paulo, Marcos Antonio Ribeiro, enfatizou a importância da educação na prevenção de acidentes e doenças do trabalho. “Todas as possíveis soluções para esse cenário negativo podem ser resumidas em apenas uma palavra: educação. Precisamos começar a educar os nossos jovens para que no futuro tenhamos uma nova geração com uma mentalidade de prevenção e que não vai aceitar tudo o que o patrão impõe”, registrou Ribeiro. 

O Coordenador da Regional Campinas da Força Sindical agradeceu à Câmara Municipal por abrir espaço para o debate. “Quando se trata de prevenção de acidentes, sabemos que hoje muitas empresas implantam as CIPAs (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes) só para cumprir a legislação e pegar o certificado. Na prática há muitos problemas e debates como esse só vem a contribuir com a classe trabalhadora. A Câmara Municipal está de parabéns por abrir espaço para esse tipo de debate”, parabenizou Ritz.

Para nosso diretor e cipeiro Edson, a falta de cursos e palestras sobre o tema (CIPA) aos trabalhadores, bem como a orientação e fornecimento de um simples equipamento de EPI, pode prevenir inúmeros acidentes e até mesmo salvar vidas. Nós do sindicato estaremos sempre atentos e apoiando as reivindicações de nossos servidores.

O vereador Canário deve convocar um novo debate sobre esse tema, desta vez para ouvir os empresários e representantes da classe patronal.

IMG-20150908-WA0002

IMG-20150908-WA0005

Veja também:

Diretoria do SSJ participa de Zumba Beneficente promovida pelo ProAtiv (Programa de Atividades Físicas) da Secretaria de Esportes em comemoração ao Outubro Rosa
Ação Social
Surge uma nova Central Sindical
Brindes, alegria, companheirismo e muita dedicação!

2015 - Todos os direitos Reservados